4 Realities que não deram certo no Brasil

O brasileiro realmente gostou do formato de “show da realidade”. O reality show, programa com anônimos submetidos a diversas situações, são sucesso de audiência no país tanto na TV aberta como paga. Mas muitas ideias não vão para frente. Conheça alguns dos 4 Realities que não deram certo no Brasil e saiba o porquê. 

Os quatro realities shows que não foram para frente no Brasil

Você vai lembrar de alguns desses programas listados abaixo. A verdade é que nem tudo que vai para a TV é agradável e alguns são de fato chatos. Muitos programas no formato reality show como o BBB 2018 podem não ir para frente porque o público não curtiu. E sem audiência não há patrocínio e a emissora desiste. Os quatro piores foram:

No Limite

A inspiração foi um programa americano chamado “Survivor”. Os norte americanos adoram a ideia de alguém se submetendo a tudo para ganhar dinheiro. O público brasileiro não. 

No Limite foi lançado pela Rede Globo e era exibido sempre após o Fantástico. Chamou a atenção mas certas situações como alimentar-se de olhos de animais e comer itens estranhos, passando por locais claustrofóbicos não encheram os olhos do público e foi rapidamente eliminado da programação.

Foram gravadas quatro temporadas e tentaram ao máximo lançar uma quinta. Mas na última exibição havia menos da metade da audiência do início, tornando inviável mais uma edição.

Guerra do Sono

Insônia é um dos problemas mais comuns entre jovens e adultos. Agora será que rende um reality show? O Caldeirão do Hulk achou que sim e submeteu seus participantes a ficarem 24 horas acordados para ganhar um valor em dinheiro.

Se ficar sem dormir não é legal imagine depois deste período ser submetido a muitas provas de resistência física. A atração foi ao ar em 2003 dentro do Caldeirão do Hulk ainda na Band mas não vingou nem duas edições.

Busão do Brasil

Viajar de ônibus e conhecer o nordeste com direito a fotos em pontos turísticos parece ser legal. Mas confinados em um ônibus? Essa era a proposta do ex VJ da MTV Edgar Pícole em seu reality show exibido pela Bandeirantes.

Eram 12 participantes e começou até muito bem mas não prendeu a atenção do público. O programa foi extinto na primeira temporada. 

Nenhum programa neste formato tinha sido lançado no Brasil, em especial itinerante, sem locação fixa, o que torna muito cara a produção. Os desafios eram montados em diversas cidades e tornou uma segunda edição inviável sem patrocínios.

A casa da Ana Hickmann

Lindas modelos ficaram por algumas semanas na mansão da apresentadora Ana Hickmann para participar de muitas provas até a finalista se tornar repórter do programa. Parece ser legal? O público não gostou. 

Uma das críticas foi o excesso de propaganda dentro do reality show, incluindo itens supostamente usados na casa da Ana Hickmann. Ela já é dona de diversas linhas de modas e uma a mais pareceu um pouco exagerado. Até se ensaiou mais uma temporada mas não vingou.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

4 Realities que não deram certo no Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO:

comments